ciência

5 dicas para ter uma experiência mais segura ao usar o Tinder

44views
5 dicas para melhorar sua segurança individual no Tinder (Foto: Divulgação Tinder)
5 dicas para melhorar sua segurança individual no Tinder (Foto: Divulgação Tinder)

Quem nunca encontrou um perfil pouco confiável ou até mesmo fake no Tinder? Apesar do aplicativo ter o objetivo de fazer com que pessoas geograficamente próximas se conheçam — e, quem sabe, até comecem um relacionamento amoroso —, sempre há a possibilidade de esbarrar em perfis falsos ou de individuos mal-intencionados. Pensando nisso, a plataforma criou alguns recursos nos últimos 18 meses para ajudar os usuários a manter a experiência da forma mais segura possível. 

Segundo Rory Kozoll, diretor de segurança de produto da plataforma, as diretrizes foram pensadas para continuar dando excelência ao aplicativo. “O Tinder é como uma festa e nós somos os anfitriões. Se um dos nossos convidados se sente incomodado por outro participante, não podemos deixá-lo ali. Ele será retirado”, afirmou em conferência virtual com à imprensa.

Confira 5 dicas de segurança para você prestar atenção a partir de agora — não é cilada, Bino!

1. Regras da Comunidade e verificação de perfil

Assim que ingressam no app, todos os usuários têm que concordar com os termos de uso. O individuo que não respeitar as regras do app, pode ser denunciado e banido. Além disso, você pode pedir sua verificação na plataforma, mostrando que você é você mesmo e despistando pessoas que possam duvidar do seu perfil e acabar te denunciando. 

2. Vídeo chat

Sabe aquele match que teve um bom papo? Vocês podem se conhecer melhor usando a vídeochamada dentro do Tinder. Assim, você terá aquele date virtual sem precisar passar o número de celular ou outras informações pessoais de contato. Assim, se for rolar um encontro, as espectativas de ambos pode estar mais alinhadas.

5 dicas para melhorar sua segurança individual no Tinder (Foto: Giphy)
5 dicas para melhorar sua segurança individual no Tinder (Foto: Giphy YoungerTV)

3. Traveler alert 

Este recurso é muito importante para a comunidade LGBTQ+. Quando um usuário está em um país cujas leis criminalizem orientações sexuais e identidades de gênero, o aplicativo permite que o usuário escolha mostrar ou não seu perfil às pessoas da região, evitando possíveis conflitos. 

4. Denunciar e “Isso incomoda você?”

A opção de denuncia existe desde a criação do app e sempre é aprimorada com o uso de inteligência artificial. Quando algum usuário se sentir incomodado  com um perfil, a forma mais simpes e eficaz é denunciá-lo à comunidade de segurança. Além disso, a tecnologia consegue entender se o usuário recebeu uma mensagem inadequada durante um chat e pergunta automaticamente “Isso incomoda você?”. Essa opção aumentou as queixas de assédio em 38% dentro da plataforma. 

5. Desfazer o match

Se o contatinho não deu muito certo, mas não a ponto de fazer uma denúncia, o melhor é simplesmente desfazer seu match com o perfil. O recurso é rápido e pode ser feito a qualquer momento. 

Além dos recursos já existentes aqui no Brasil, o Tinder pretende lançar novas opções de segurança para tornar a “festa” mais divertida e segura para seus usuários.

*Com supervisão de Larissa Lopes

Galileu