economiapolítica

Bolsonaro: “Cada vez mais acredito no trabalho e na palavra de Paulo Guedes”

53views

O presidente Jair Bolsonaro disse, nesta 6ª feira (16.out.2020), que a economia brasileira “tem reagido muito bem” à pandemia. Ele elogiou o trabalho do ministro Paulo Guedes (Economia) e de sua equipe.

As declarações foram feitas durante discurso em evento para inauguração da Planta de Biogás da Raízen, empresa de energia, em Guabira (SP).

“O Brasil, na parte econômica, é 1 daqueles que têm se saído melhor dando uma reposta a essa pandemia. Nossa economia tem reagido muito bem. Cada vez mais, acredito na palavra e no trabalho de Paulo Guedes e equipe, de modo que [acredito que] estamos saindo sim em ‘V’ dessa crise. Cada vez mais, o Brasil despontará ao mundo como 1 país que tem 1 grande futuro”, disse Bolsonaro.

<![CDATA[
.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;}.mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full
h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}
]]>
Em setembro, Paulo Guedes afirmou que a recuperação da economia brasileira seria em “V”, com retomada tão rápida quanto a queda. A expressão faz referência ao formato de gráficos que indicam recuperação acelerada de determinado índice.

O presidente, durante o evento no interior de São Paulo, afirmou que “o Brasil está mudando“. Ele disse que escolheu ministros técnicos e que possui boa relação com o Poder Legislativo.

“Conversando com alguns dos senhores, também lembro como o Brasil vem mudando. Graças a Deus, tive a oportunidade de ter a liberdade de escolher pessoas técnicas no meu ministério. Graças a Deus, cada vez mais, o Poder Executivo interage com o Legislativo”, disse.

Na 4ª feira (14.out.2020), uma investigação levou a Polícia Federal a encontrar dinheiro escondido na cueca do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), até então vice-líder do Governo no Senado. Na 5ª (15.out), o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luis Roberto Barroso afastou o senador do cargo.

Meio Ambiente

Bolsonaro ainda falou sobre a atuação do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) e do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais). Segundo ele, as entidades não “criam dificuldades“.

“Falam que eu sou vendido para o pessoal do campo, para o pessoal do agronegócio… Nosso Ministério do Meio Ambiente não atrapalha a atividade de vocês [agricultores]. Pelo contrário, ajuda e muito. Relembrem como, há algum tempo, o Ibama e o ICMBio tratavam vocês e como, hoje em dia, o tratamento é dispensado. Não criamos dificuldades para vender facilidade”, afirmou.

O presidente também disse que o presidente de 1 país da Europa, o qual ele não identificou, teria manifestado o interesse de que o Brasil ampliasse de 12% para 20% o território das reservas indígenas no Brasil.

“Lembro quando passei em Osaka [em junho de 2019, em reunião de cúpula do G20], tive encontro com o presidente de 1 grande país da Europa, que está quase sempre na vanguarda para nos criticar. Ele me disse que queria que ampliássemos de 12% para 20% as reservas indígenas. Nenhuma reserva foi demarcada até o momento, pelo contrário. Nós lutamos para que o índio possa explorar o seu território da melhor maneira”, disse.

Continuar lendo

Poder360