entretenimento

Bolsonaro diz que criminoso foragido em Goiás será ‘no mínimo preso’

68views

1 de 1
Presidente aproveitou a comoção pública em torno da cassada ao criminoso para flertar com segmentos conservadores da sociedade que defendem a execução de bandidos — Foto: Reprodução

Presidente aproveitou a comoção pública em torno da cassada ao criminoso para flertar com segmentos conservadores da sociedade que defendem a execução de bandidos — Foto: Reprodução

Em vídeo divulgado nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro aproveitou a comoção pública em torno da cassada ao criminoso Lázaro Barboza, que mobiliza centenas de policiais em Cocalzinho (GO), para manifestar apoio aos envolvidos na operação e, sobretudo, flertar com segmentos conservadores da sociedade que defendem a execução de bandidos.

Bolsonaro não mencionou os 500 mil mortos por covid-19, marca alcançada neste sábado, durante a transmissão do vídeo de 34 segundos publicado no Facebook.

“Boa sorte a todos vocês. Tenho certeza que, brevemente, o Lázaro estará no mínimo atrás das grades”, disse Bolsonaro, com leve sorriso no rosto.

Fonte: Valor Econômico