entretenimento

Bolsonaro volta a minimizar pandemia e diz que ela foi ‘superdimensionada’

411views
1 de 1 — Foto: Marcos Corrêa/PR

— Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro voltou na manhã desta quarta-feira a minimizar a pandemia do novo coronavírus, ao participar, por videoconferência, da cerimônia de posse das novas diretorias da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e do Centro Industrial do Rio de Janeiro (Firjan/Cirj).

Numa fala de cinco minutos, Bolsonaro mencionou a aprovação de reformas recentes, como a da Previdência, que haviam sido elogiadas em discurso pelo presidente da Firjan, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, e acrescentou:

“Obviamente, outras medidas foram tomadas como os senhores anunciaram há pouco aqui. Entramos (em) 2020, e tivemos o problema da pandemia que, no meu entendimento, foi superdimensionado. Desde o começo, eu disse que tínhamos dois problemas pela frente: a questão do vírus e o desemprego; e que eles deveriam ser tratados com a mesma responsabilidade e simultaneamente”, afirmou.

Bolsonaro também criticou a adesão ao isolamento social no combate à pandemia, medida que tem sido retomada nos últimos dias por países da Europa, preocupados com uma segunda onda da doença.

“Se nós e parte do empresariado tivesse (sic) embarcado na onda ‘fique em casa que a economia a gente vê depois’ com toda a certeza estaríamos numa situação bastante complicada no momento”, disse o presidente, que estava acompanhado em Brasília pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

Fonte: Valor Econômico