política

Canais de notícias pagos nos EUA perdem audiência no 1º trimestre de 2021

96views

A 3 mais importantes TVs por assinatura da modalidade “all news”  dos Estados Unidos sofreram perda de audiência nos primeiros 3 meses de 2021, segundo dados da Nielsen para o horário nobre (quando as emissoras cobram mais caro pelos comerciais) em comparação com o último trimestre de 2020:

  • Fox News – perdeu 32% dos telespectadores no horário nobre;
  • CNN – teve queda 16%;
  • MSNBC – redução de 7,8%.

Segundo o Wall Street Journal (aqui, em inglês, para assinantes), que divulgou os dados, a diferença nos índices de audiência entre os 3 canais também diminuiu. A Fox News manteve a liderança no horário nobre durante o 1º trimestre, atingindo 2,58 milhões de pessoas, em média, por dia no período. A MSNBC está na 2ª posição, com 2,29 milhões de telespectadores. A CNN (que ficou em 1º lugar durante a o período eleitoral em 2020), agora está na 3ª posição, com 1,99 milhão de pessoas assistindo ao canal.

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;} input.submit{margin-top: 0.2px !important;} .mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

Uma das razões para a perda de audiência das TVs de notícias a cabo nos EUA foi a redução do interesse dos norte-americanos por assuntos relacionados à política depois que terminou o processo eleitoral –com a derrota do republicano Donald Trump e a vitória do democrata Joe Biden. O horário nobre (“prime time”) nas TVs nos EUA, segundo a Nielsen, vai das 20h às 23h, de 2ª a 6ª feira.

Desde as eleições de 2020, as emissoras fizeram mudanças em suas programações. A CNN estendeu o programa de Jake Tapper em uma hora e lançou o Inside Politics Sunday with Abby Phillip, que é exibido às 8h de domingo. A MSNBC contratou 3 novos nomes: a analista Tiffany Cross, o apresentador Mehdi Hasan e o jornalista Jonathan Capehart.

A Fox News contratou 2 ex-funcionários do governo Trump: Larry Kudlow, que foi diretor do Conselho Econômico Nacional, é apresentador de um programa semanal na Fox Business; e Kayleigh McEnany, ex-porta voz da Casa Branca, será co-apresentadora do Outnumbered, programa que reúne os principais eventos da semana.

Com a queda no número de assinantes de TV a cabo, os canais estão investindo no streaming. O Fox Nation, que começou como um site da Fox News, oferece programas e documentários exclusivos. A MSNBC fechou uma parceria com o programa The Choice, da Peacock, da NBCUniversal, onde seus analistas e colaboradores fazem participações.

Continuar lendo

Poder360