entretenimento

entretenimento

Bolsonaro: Paulo Guedes, se [PEC] passar você arranjará recursos para que tenhamos voto impresso em 2022

<div class="media_block"></div> <img src="https://s2.glbimg.com/YGjlMTWX0fNGI0Aflw0BdvekNew=/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_63b422c2caee4269b8b34177e8876b93/internal_photos/bs/2021/c/8/LVBUYiQnC0ANIp6b3osQ/91480753.jpg" /><br /> Especialistas estimam que modalidade teria custo extra de R$ 2 bilhões aos cofres públicos O presidente Jair Bolsonaro ordenou hoje ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que arranje os recursos necessários para garantir o voto impresso nas eleições de 2022. Isso caso o Congresso aprove uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) determinando essa modalidade de voto, algo que especialistas afirmam que acarretará um custo extra de R$ 2 bilhões aos cofres públicos. Em evento no Palácio do Planalto, ele também se disse favorável à autonomia do Banco Central. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.
entretenimento

Catar vai oferecer imunizantes e exigir vacina contra a covid-19 para a Copa do Mundo de 2022

<div class="media_block"></div> <img src="https://s2.glbimg.com/vf1ECOveUlzHMysnfbqU0D-WhDs=/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_63b422c2caee4269b8b34177e8876b93/internal_photos/bs/2021/w/s/GSW4NdTLyA1i9RUuDm4w/ioq5w5ybawqjgbtyymxv.jpg" /><br /> Primeiro-ministro diz que o governo está tentando garantir um milhão de doses de vacina para imunizar os fãs que desejam assistir ao torneio e não tenham sido vacinados em seus países O Catar vai exigir que todos os espectadores da Copa do Mundo de 2022 tenham recebido vacinas contra o coronavírus para entrar nos estádios, informou o site em inglês da TV saudita Al-Arabyia, citando o jornal estatal do país-sede. “Quando chegar a data da Copa, a maioria dos países do mundo terá vacinado e imunizado seus cidadãos”, disse o primeiro-ministro do país-sede do Mundial, xeque Khalid bin Khalifa bin Abdulaziz al-Thanie. Ele afirmou ainda que o Catar está tentando garantir um milhão de doses de vacina para imunizar os fãs que desejam assistir ao torneio e não tenham sido vacinados em seus países. “Diante da possibilidade de alguns países não conseguirem vacinar todos os seus cidadãos, o Catar não permitirá que os torcedores entrem nos estádios sem receber a vacina completa contra o vírus”, acrescentou o xeque. Nas declarações, a autoridade não especificou se o país faria restrição a alguma vacina, mas, para seu programa nacional, o Catar encomendou imunizantes da Pfizer e da Moderna. O Catar registrou 585 mortes e 220.800 casos durante a pandemia. A Copa, a primeira num país do Oriente Médio, está marcada para começar em 21 de novembro do do Mundo do Oriente Médio deve começar em 21 de novembro de 2022.
entretenimento

Bolsonaro diz que criminoso foragido em Goiás será ‘no mínimo preso’

<div class="media_block"></div> <img src="https://s2.glbimg.com/NFz5x43sQOJ0aSvCj_83PVdVIuM=/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_63b422c2caee4269b8b34177e8876b93/internal_photos/bs/2020/w/L/meGBsMQJ2xfIBdooBfxg/captura-de-tela-2020-09-22-104338.jpg" /><br /> Em vídeo para falar da caçada ao criminoso, o presidente não mencionou os 500 mil mortos por covid Presidente aproveitou a comoção pública em torno da cassada ao criminoso para flertar com segmentos conservadores da sociedade que defendem a execução de bandidos Reprodução Em vídeo divulgado nas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro aproveitou a comoção pública em torno da cassada ao criminoso Lázaro Barboza, que mobiliza centenas de policiais em Cocalzinho (GO), para manifestar apoio aos envolvidos na operação e, sobretudo, flertar com segmentos conservadores da sociedade que defendem a execução de bandidos. Bolsonaro não mencionou os 500 mil mortos por covid-19, marca alcançada neste sábado, durante a transmissão do vídeo de 34 segundos publicado no Facebook. “Boa sorte a todos vocês. Tenho certeza que, brevemente, o Lázaro estará no mínimo atrás das grades”, disse Bolsonaro, com leve sorriso no rosto.
entretenimento

Rede pede que Supremo obrigue Bolsonaro a provar acusações de fraude eleitoral

<div class="media_block"></div> <img src="https://s2.glbimg.com/QmBGG9gHSgjtfaa_B-52HzRfsTM=/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_63b422c2caee4269b8b34177e8876b93/internal_photos/bs/2021/r/L/3xXlR9SjA5TGjMLyZtaQ/live-do-presidente-bolsonaro-nesta-quinta-6-de-maio-de-2021-facebook.png" /><br /> Em março de 2020, ele disse que mostraria “brevemente” as provas que teria “em mãos” O Rede Sustentabilidade pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que obrigue o presidente Jair Bolsonaro a apresentar, em até dez dias, as "provas materiais" que ele diz ter sobre um suposto esquema de fraude nas urnas eleitorais eletrônicas. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.
entretenimento

ONS prevê uso máximo de térmicas em período chuvoso para afastar apagão em 2022, diz Ciocchi

<div class="media_block"></div> <img src="https://s2.glbimg.com/B81yPomxqZ9t7nxnZZRKMYqNZCM=/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_63b422c2caee4269b8b34177e8876b93/internal_photos/bs/2021/B/F/Jf8y6pTwuiN1xU9Ubv9Q/300719furnas17.jpg" /><br /> Diretor-geral do órgão destacou ainda que pretende manter os reservatórios com vazão reduzida A fim de eliminar o risco de racionamento de energia em 2022, ano de eleição presidencial, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) já desenha uma estratégia para a próxima temporada de chuvas — oficialmente de novembro até abril. O diretor-geral do órgão, Luiz Carlos Ciocchi, afirmou ao Valor que as termelétricas deverão continuar ligadas no limite máximo durante o período chuvoso. Isto porque as chuvas podem não vir no tempo e na intensidade esperada, além de se depararem com um solo "muito seco". Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.
entretenimento

Bolsas de Nova York fecham em queda, com Fed sinalizando altas de juros

Os principais índices de ações dos Estados Unidos fecharam em queda na sessão desta quarta-feira, depois que os membros do Federal Reserve (Fed) indicaram que esperam duas elevações das taxas de juros no fim de 2023, mais cedo do que projetado anteriormente. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.
entretenimento

Turma do STF tranca ação penal da Zelotes contra ex-assessora da Casa Civil

<div class="media_block"></div> <img src="https://s2.glbimg.com/r77iCvXAfIAXvQuSRZ3xVcCvVxk=/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_63b422c2caee4269b8b34177e8876b93/internal_photos/bs/2021/p/T/fVgLlvTdCGzXxakmjtHw/img201606141056313939159.jpg" /><br /> Ministros afirmaram que TRF-1 já havia concluído por inexistência de crimes narrados pelo MPF A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) trancou ação penal da Operação Zelotes na qual era ré a ex-assessora especial da Casa Civil Lytha Spíndola. Ela era acusada de receber propina, entre 2010 e 2014, para atuar em favor da aprovação da medida provisória (MP) que prorrogou incentivos fiscais a montadoras de automóveis. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.
entretenimento

S&P 500 e Nasdaq renovam recordes, com investidores à espera da reunião do Fed

Os índices acionários nova-iorquinos Nasdaq e S&P 500 renovaram suas máximas de fechamento, revertendo as perdas vistas mais cedo, com os investidores à espera da reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed), na quarta-feira, e dos dados de vendas do varejo e produção industrial nos EUA, amanhã. Após ajustes, o S&P 500 fechou em alta de 0,18%, a 4.255,15 pontos, e o S&P 500 avançou 0,74%, a 14.174,14 pontos, enquanto o Dow Jones recuou 0,25%, a 34.393,75 pontos. As ações de tecnologia fecharam mais uma sessão na ponta positiva dos setores em Wall Street, com o setor liderando os ganhos no S&P 500, com alta de 1,04% e ajudando o Nasdaq a fechar o dia com a maior alta entre os índices de Nova York. Já as ações mais beneficiadas pela reabertura econômica tiveram a pior performance da sessão, com as ações de operadoras de cruzeiros, manufaturas e varejistas físicos anotando perdas significativas e derrubando setores como o de materiais (-1,28%) e industrial (-0,48%) no S&P 500. Os investidores aguardam a reunião do Fed na quarta-feira, com a expectativa de que o BC americano mantenha as suas políticas monetárias estáveis. Os investidores estarão atentos, porém, às projeções revisadas do Fed em busca de mais sinalizações sobre a política monetária - especialmente sobre um possível adiantamento da retirada de estímulos - e se o argumento de que a alta da inflação "transitória" continuará firme. Antes da divulgação da decisão do Fed, porém, os investidores estarão atentos também aos dados de varejo e produção industrial de maio. Os economistas consultados pelo "The Wall Street Journal" esperam uma queda de 0,7% nas vendas do varejo e uma desaceleração da produção industrial, para alta de 0,5% em maio, de ganho de 0,7% da leitura do mês anterior.
entretenimento

O que esperar da reunião do Fed nesta semana

Enquanto o Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) realiza sua reunião regular de política monetária nesta semana, mais uma vez os analistas e investidores deveriam virar o clichê da era Nixon e observar o que eles dizem, não o que fazem. O que todos querem saber é se o painel finalmente começou a falar sobre o afastamento de sua política monetária ultraflexível. Matéria exclusiva para assinantes. Para ter acesso completo, acesse o link da matéria e faça o seu cadastro.
1 2 3 4 5 55
Page 3 of 55