entretenimento

China desvaloriza yuan, sinalizando interrupção de altas

67views

A China definiu sua fixação diária do yuan em um nível mais fraco do que o esperado, o primeiro sinal de que os formuladores de políticas podem querer conter a rápida valorização da moeda neste trimestre.

O câmbio de referência do Banco do Povo da China (PBoC, banco central) foi definido em 6,7872 yuan por dólar nesta terça-feira, depois que a cotação à vista enfraqueceu 0,51% durante a noite.

Ainda assim, a moeda se fortaleceu 0,22%, para 6,7897 por dólar, por volta de 9h35 em Xangai.

“O mercado está cada vez mais preocupado que o PBoC [o banco central da China] guie o yuan mais fraco devido à rápida recuperação da moeda recentemente”, disse Tommy Xie, economista do Oversea Chinese Banking Corp. “Precisamos de mais alguns dias de ajustes para ver se o banco central não consegue mais tolerar o avanço. No momento, os investidores ainda gostam de comprar o yuan devido aos sólidos fundamentos.”

O yuan estava a caminho de seu maior ganho trimestral desde 1981, antes que uma recuperação do dólar provocasse uma queda de três dias na moeda chinesa. Embora a queda do dólar tenha ajudado, a mídia chinesa atribuiu os ganhos à recuperação econômica do país. Ainda está em alta de 4,1% desde o fim de junho.

O PBoC também ajudou ao não atrapalhar seu caminho, o que para alguns no mercado foi um incentivo para a moeda subir. A fixação limita o movimento do yuan a 2% em qualquer direção.

1 de 1 — Foto: Chinatopix via Associated Press

— Foto: Chinatopix via Associated Press

Fonte: Valor Econômico