entretenimento

Comunidade internacional vê ‘cenas chocantes’ nos EUA e ‘ataque à democracia’

33views

Autoridades em todo o mundo reagiram à invasão do Capitólio, sede do Congresso dos Estados Unidos, denunciando o que consideraram um ataque à democracia. A invasão ocorreu durante a sessão que certificaria Joe Biden como futuro presidente dos Estados Unidos.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, chamou de “cenas vergonhosas” o ocorrido em Washington. “Os Estados Unidos são os defensores da democracia em todo o mundo e agora é vital que a transferência do poder seja feita de forma pacífica”, afirmou Johnson no Twitter.

O ministro alemão das Relações Exteriores, Heiko Maas, pediu que os defensores do presidente americano “parem de pisotear a democracia”. Apelou para que Trump e seus apoiadores aceitem a decisão vinda das urnas em novembro passado.

O secretário-geral da Otan (aliança militar ocidental), Jens Stoltenberg, afirmou que a invasão do Capitólio mostrou “cenas chocantes”. Pelo Twitter, ele disse que “o resultado dessa eleição democrática deve ser respeitado”.

O presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, lamentou as “cenas profundamente perturbadoras no Capitólio”. Em um tuíte, ele disse que os votos dos cidadãos devem ser respeitados. “Confiamos que os Estados Unidos garantirão a proteção das regras da democracia”.

Josep Borrell, líder diplomático da União Europeia considerou a invasão como um ataque à democracia americana. “Aos olhos do mundo, a democracia americana parece estar sob assédio. Isso não é o que conhecemos dos Estados Unidos”, afirmou no Twitter.

Já o comissário da União Europeia para a Economia, Paolo Gentiloni, chamou as cenas de “vergonha”.

Um dos grupos empresariais mais influentes dos Estados Unidos, o Business Roundtable, chamou de “esforços ilegais” os protestos em Washington. “O caos que se desenrola na capital do país é o resultado de esforços ilegais para derrubar os resultados legítimos de uma eleição democrática. O país merece melhor”, informou em um comunicado.

1 de 1
Manifestação de apoiadores de Trump no Capitólio — Foto: Jose Luis Magana/AP

Manifestação de apoiadores de Trump no Capitólio — Foto: Jose Luis Magana/AP

Fonte: Valor Econômico