política

Dino diz que Moro apoia “extremista” após vídeo para candidato em Fortaleza

67views

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), disse neste domingo (8.nov.2020) que o ex-ministro da Justiça e ex-juiz Sergio Moro apoiou 1 “extremista líder de motim” ao gravar vídeo para Capitão Wagner (Pros), candidato à prefeitura de Fortaleza, no Ceará.

Em publicação no Twitter, o governador maranhense disse que Moro “começou muito mal a sua tentativa de se reinventar como referência do centro, após servir a Bolsonaro e dele se servir. Cobram tanto da esquerda, mas com 1 centro assim fica difícil demais”.

<![CDATA[
.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;}.mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7
px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full
h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}
]]>
No vídeo publicado pelo candidato, Moro diz que encontrou Capitão Wagner em viagem que fez ao Ceará, em fevereiro de 2020, ainda como ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro. Na ocasião, havia uma paralisação de policiais militares no Estado.

De acordo com o ex-ministro, o candidato à prefeitura se mostrou disposto a “encerrar o movimento para atender a população de imediato, independente das reivindicações dos policiais”. Capitão Wagner é acusado por oponentes de ter liderado o motim dos policiais militares. Ele nega.

No final do vídeo, Moro diz que o vídeo é 1 “testemunho” e afirma que não participa das eleições e que não vota em Fortaleza.

“Dou aqui meu testemunho. Não participo das eleições e não quero. Não voto em Fortaleza mas faço este esclarecimento de fato. Desejo a todos boa sorte e sucesso”, diz o ex-ministro no vídeo.

Assista ao vídeo (1min 20s):

Continuar lendo

Poder360