tecnologia

Empresa israelense quer produzir carne no espaço

61views
A empresa israelense Aleph Farms anunciou na última quarta-feira (21) uma iniciativa para produzir carne no espaço. Batizada de Aleph Zero, uma referência matemática ao “menor número infinito”, ela é resultado de um experimento bem-sucedido realizado no ano passado a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), quando astronautas usaram uma impressora 3D para “imprimir” células bovinas cultivadas, formando um minúsculo pedaço de carne.

O objetivo é “ampliar a segurança alimentar produzindo carne fresca e de qualidade em qualquer lugar, independente de mudanças climáticas ou disponibilidade de recursos naturais”. A empresa tem experiência nesta área: em 2018 ela foi a primeira a produzir um bife em laboratório.

Segundo a Aleph Farms, estão sendo estabelecidas parcerias estratégicas com empresas de tecnologia e agências espaciais para contratos de pesquisa e desenvolvimento de longo prazo, que garantirão a integração de sua tecnologia de “agricultura celular” em programas espaciais.

Reprodução

A Aleph Farms espera um dia estabelecer “BioFarms”, como esta, para produzir carne em Marte. Imagem: Aleph Farms

Estes programas, de acordo com a empresa, aproveitarão sua experiência em biologia celular, engenharia de tecidos e ciência dos alimentos para criar “BioFarms” em ambientes extraterrestres.

Ou seja, se tudo correr de acordo com os planos da empresa, futuros colonos de Marte poderão um dia saborear um bife criado em laboratório, que nunca precisou ser abatido. A Aleph Farms chama seu produto de “slaughter-free meat”, algo como “carne sem abate”.

“O programa Aleph Zero reflete nossa missão de produzir carne deliciosa e de qualidade localmente, onde as pessoas vivem e a consomem, mesmo nos locais mais remotors do planeta, como o Deserto do Saara ou Antártica. Forneceremos acesso incondicional a nutrição de alta qualidade a qualquer um, a qualquer hora, em qualquer lugar”, diz Didier Toubia, CEO da empresa.

Marte espaço Ciência&Espaço exploração espacial Consumo de Carne carnes

Fonte: Olhar Digital