entretenimento

Fontes no Itamaraty estão otimistas com negociações para importar vacina da Índia

27views

O governo brasileiro está otimista com o desfecho das negociações com a Índia sobre a possibilidade de importação da vacina da Oxford/AstraZeneca. A informação foi repassada ao Valor por uma fonte do Ministério das Relações Exteriores (MRE), após o Instituto Serum, fabricante indiano contratado para produzir 1 bilhão de doses de vacina, ter dito que o governo do país não permitirá a exportação desse produto.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) pediu, em 31 de dezembro, à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que liberasse a importação de 2 milhões de doses da vacina indiana.

Hoje, o presidente do Instituto Serum, Adar Poonawalla, afirmou que a empresa só está autorizada, no momento, a fornecer vacinas para o governo da Índia.

Segundo a fonte diplomática, “o assunto tem sido negociado primordialmente pela área técnica do Ministério da Saúde”. O Itamaraty, diz a fonte, acompanha de perto e tem participado das negociações aproximando as partes e que “as declarações do CEO indiano não refletem o atual estado das negociações”. Disse ainda que o governo está “otimista” de que as vacinas cheguem até o dia 20, como pretende a Fiocruz.

Em nota, o MRE afirmou que “as autoridades sanitárias de Brasil e Índia estão em contato para viabilizar a importação da vacina desenvolvida pela parceria AstraZeneca/Universidade de Oxford, fabricada pelo Serum”.

“Como ocorreu em outras ocasiões, a Embaixada do Brasil em Nova Delhi está facilitando o diálogo entre as partes para a pronta conclusão das negociações”, afirmou.

Fonte: Valor Econômico