entretenimento

Gol tem prejuízo de R$ 861,9 mi no 4° tri com impacto da covid sobre demanda

78views

A Gol registrou um prejuízo líquido ajustado de R$ 861,9 milhões no quarto trimestre de 2020, revertendo lucro líquido de R$ 378,3 milhões em igual trimestre de 2019. O número exclui variações cambiais e monetárias, despesas líquidas não recorrentes, entre outros ajustes.

No ano de 2020 o prejuízo líquido foi de R$ 2,3 bilhões, enquanto em 2019 a empresa obteve lucro líquido de R$ 744 milhões.

Desconsiderando os ajustes, a empresa teve um lucro líquido ao acionista controlador de R$ 16,8 milhões, queda de 95,2%. No ano, o resultado sem o ajuste foi negativo em R$ 5,988 bilhões. No geral, os resultados foram influenciados pela covid-19, que colocou em xeque a operação aérea no País.

O Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado no trimestre foi de R$ 558,5 milhões, queda de 61,9% na comparação anual. A margem Ebitda caiu para 29,5%, ante 38,5% um ano antes. Em 2020, o Ebitda ajustado foi de R$ 2,47 bilhões, queda de 43,5%.

O resultado operacional da companhia foi negativo em R$ 319 milhões no quarto trimestre ante um número positivo de R$ 649,7 milhões um ano antes. A margem operacional ficou negativa em 16,9%. Um ano antes, a margem operacional era positiva em 18,3%.

A receita líquida fechou o quarto trimestre em R$ 1,9 bilhão, uma queda de 50% em relação a igual trimestre de 2020. A empresa ponderou, entretanto, que o indicador subiu 94% versus o terceiro trimestre. “A receita mensal foi de R$ 574 milhões em outubro a R$ 784 milhões em dezembro, um crescimento de 37% dentro do quarto trimestre”, apontou a companhia.

No ano, a receita líquida foi de R$ 6,37 bilhões, queda de 54%. A crise é vista de forma mais clara no número de passageiros transportados, que fechou o trimestre em 5,2 milhões, queda de 46,2%. No ano, foram transportados 16,77 milhões de passageiros, queda de 54%.

1 de 1 — Foto: GOL/Divulgação

— Foto: GOL/Divulgação

Fonte: Valor Econômico