entretenimento

Ícone da guerra fiscal, Irlanda quer seguir atraindo múltis após acordo sobre imposto global

21views

Depois que os países do G7 fecharam um acordo para impor uma alíquota global mínima de pelo menos 15% para que os governos taxem as empresas multinacionais, em especial as gigantes de tecnologia — o que poderia representar um problema para a Irlanda, que pratica uma política fiscal mais amena —, o ministro das finanças irlandês, Paschal Donohoe, disse que continua confiante que a economia do país continuará a atrair investimentos e empregos multinacionais.

Fonte: Valor Econômico