tecnologia

Microsoft negocia compra do Discord por mais de US$ 10 bilhões

175views

A Microsoft negocia a compra do Discord, plataforma de bate-papo muito usada pela comunidade gamer, streamers e podcasters. Os valores das negociações assustam, girando em torno de US$ 10 bilhões (cerca de R$ 55 bilhões). 

Representantes da plataforma vêm conversando há algum tempo com compradores em potencial. A Microsoft é quem está em estágio mais avançado de conversas, porém, até o presente momento, nenhum acordo é iminente. 

publicidade

Sediado em San Francisco, o Discord é famoso por ser um serviço gratuito que permite aos seus usuários se comunicarem por texto, áudio e vídeo. Seu uso cresceu durante a pandemia, quando foi muito usado para reuniões entre amigos que não podiam se ver pessoalmente. 

Leia também: 

Atualmente, a plataforma conta com uma base instalada de nada menos que 100 milhões de usuários ativos por mês, a grande maioria ligada ao mundo dos games. Porém, a empresa trabalha ativamente para extrapolar seu público para muito além dos jogadores. 

Microsoft vai às compras

Xbox Game Pass é o serviço de jogos que mais cresceu em 2020. Imagem: Miguel Lagoa / Shutterstock.com
Microsoft deseja aumentar a oferta de benefícios do Xbox Game Pass. Imagem: Miguel Lagoa / Shutterstock.com

O Discord não é a primeira plataforma popular entre o público jovem que entra na mira da Microsoft. Em 2020, após a ameaça de banimento feita pelo ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, a empresa negociou a compra das operações do TikTok em território americano. 

Também no ano passado, a Microsoft manteve negociações para tentar a compra do Pinterest e, atualmente, atua ativamente na compra de ativos que possam fornecer acesso a comunidades prósperas de usuários. 

A intenção da empresa, entre outras coisas, é oferecer um pacote de serviços atraente para os assinantes de seus serviços ligados ao Xbox, como o Game Pass. Especificamente falando do Discord, a oferta premium do serviço, o Nitro, poderia ser incorporada na assinatura, por exemplo. 

Recentemente, a Microsoft comprou a ZenMax Media, dona, entre outras empresas, da editora de games Bethesda, responsável por grandes clássicos dos games, como Doom e Fallout. O valor total da negociação foi US$ 7,5 bilhões, o que dá mais ou menos R$ 42 milhões. 

Com informações da Bloomberg

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal! 

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=GgVyvGgJfhg?feature=oembed&w=500&h=281]

Fonte: Olhar Digital