política

Mourão diz que “não existe racismo no Brasil” ao comentar morte de homem negro

332views

O vice-presidente Hamilton Mourão declarou que “não existe racismo no Brasil”. A declaração foi feita a jornalistas nesta 6ª feira (20.nov.2020), Dia Nacional da Consciência Negra.

Mourão comentava a morte de 1 homem negro em uma unidade do Carrefour em Porto Alegre. A vítima foi espancada até a morte por 2 homens brancos. O homicídio foi alvo de repúdio de autoridades e manifestações contra a rede de supermercados.

<![CDATA[
.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;}.mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}
]]>
O vice-presidente classificou o fato como “lamentável” e disse que era 1 caso de “segurança completamente despreparada para o trabalho que tem que fazer”. Questionado se a morte do homem era 1 indicativo de racismo, Mourão negou:

“Para mim, no Brasil não existe racismo. Isso é uma coisa que querem importar para o Brasil, não existe racismo aqui. Eu digo para você com toda tranquilidade, não tem racismo aqui. Eu morei nos Estados Unidos, racismo tem lá”.

De acordo com o vice-presidente, o que o Brasil tem é  “uma brutal desigualdade, fruto de uma série de problemas”. Ele acrescentou: “Grande parte das pessoas de nível mais pobre, que tem menos acesso aos bens da sociedade moderna, são pessoas de cor. Apesar de sermos uma raça completamente misturada, é só você olhar a minha lata aqui, né?”.

Um dos jornalistas presentes questionou o vice-presidente sobre os índices de violência policial contra pessoas negras. Mourão afirmou que não é uma questão de etnia, mas de desigualdade social:

“Naturalmente a pessoa que está em desvantagem social ou que vive em uma área que é mais difícil, vamos colocar, área de favela, onde ela está exposta a crime organizado, tráfico, essa coisa toda… Boa parte das pessoas que lá vivem, infelizmente, são pessoas de cor, essa é a realidade”.

Mourão também foi questionado sobre o caso do entregador alvo de ofensas racistas. Respondeu: “Isso não é uma coisa estrutural, é uma coisa pessoal”.

Percepção do racismo no Brasil

Pesquisa recente do PoderData indica que 81% da população brasileira discorda do vice-presidente e reconhece a existência de racismo no Brasil.

Três a cada 10 brasileiros admite ser racista.

Pessoas negras no Brasil tem piores condições de trabalho, moradia e renda. É o que indica dados divulgados nesta 6ª (20.nov) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

(o infográfico é interativo, é possível passar o cursor do mouse para verificar os percentuais)

Continuar lendo

Poder360