tecnologia

Nova Zona Azul passa a valer nesta terça em São Palo; veja como usar

28views
A partir desta terça-feira (17), a Zona Azul paulistana passa a ser operada por um único concessionário. A Estapar repassará R$ 1,3 bilhão a título de outorga fixa para prefeitura de São Paulo para gerenciar as 51.606 vagas de estacionamento rotativo na cidade pelos próximos 15 anos.

Com a nova gestão, os valores cobrados (R$ 5 por hora) e as regras de utilização não mudam. Os usuários poderão continuar utilizando os aplicativos anteriormente habilitados pela prefeitura até fevereiro de 2021. A partir dessa data, só o app  Cartão Azul Digital (CAD) será aceito para a reserva das vagas.

Para usar o serviço, baixe o aplicativo nas lojas do Android ou do iOS, e crie um cadastro digitando seu nome, telefone, CPF, e-mail e uma senha.

Estapar/Reprodução

Estapar/Reprodução

Confirme o setor onde irá estacionar ou digite o local desejado no campo de busca. Cadastre um veículo caso não tenha feito ainda e selecione o tempo desejado. Um CAD equivale a uma hora e custa R$ 5 – permitido usar no máximo dois CADs, com pagamento via cartão de crédito. Se estourar esse período de duas horas, o veículo pode levar uma multa de R$ 195,23, e seu proprietário cinco pontos na carteira de habilitação. O veículo ainda pode ser guinchado.

Estapar/Reprodução

Estapar/Reprodução

Quando o CAD está próximo de vencer, o aplicativo envia um alerta para o usuário, que pode renovar de onde estiver, sem a necessidade de retornar ao veículo. O usuário também pode ativar o CAD antes do horário de início da Zona Azul, mas será necessário indicar no aplicativo o horário de início que consta da placa de sinalização no momento do cadastro.

Aplicativos Serviços Prefeitura de São Paulo São Paulo

Fonte: Olhar Digital