políticaPortugal

Portugal revoga proibição a voos vindos do Brasil e Reino Unido

28views

O governo de Portugal decidiu remover a determinação que suspendia os voos entre o país e o Brasil. De acordo com comunicado, apenas “viagens essenciais” serão permitidas. Os novos direcionamentos foram publicados no Diário da República dessa 5ª feira (15.abr.2021) e já entram em vigor nesta 6ª feira (16.abr). Eis a íntegra (551 KB).

A restrição estava em vigor desde 29 de janeiro, quando além do Brasil, Portugal também suspendeu os voos vindos do Reino Unido. Na época, o governo português declarou que a restrição tinha o objetivo de conter a evolução da pandemia de covid-19 e da disseminação da nova variante do vírus encontrada no Brasil, a P.1.

O país lusitano segue com a proibição de receber turistas brasileiros. De acordo com a nova norma, apenas serão aceitos os passageiros do Brasil que viajarem “por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias’‘. Além de obedecer às regras de documentação, as autoridades portuguesas também exigem apresentação do teste RT-PCR com resultado negativo para o coronavírus e a realização de quarentena de 14 dias na chegada ao país.

Devido à restrição imposta pelos portugueses, o Ministério das Relações Exteriores intermediou 8 voos comerciais extraordinários entre Portugal e Brasil nos últimos 40 dias. Os voos foram operados pelas empresas TAP, Latam, e Azul, possibilitando o retorno de aproximadamente 1.400 brasileiros, de acordo com o Itamaraty. Por serem voos comerciais, o custo das passagens foi arcado pelos próprios passageiros.

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;} input.submit{margin-top: 0.2px !important;} .mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

RESTRIÇÕES A BRASILEIROS

Devido ao agravamento da situação da pandemia no Brasil, cada vez mais países aumentam as restrições à entrada de brasileiros. Segundo o levantamento do site de viagens Skyscanner, 218 países têm algum tipo de restrição à entrada de pessoas vindas do Brasil. Destes, 114 países têm fortes restrições —como Estados Unidos, Canadá, Argentina, Chile, França e o Reino Unido.

Já os países que têm restrições leves ou nenhuma à entrada de brasileiros são 8: Costa Rica, Camarões, Albânia, Macedônia do Norte, República Centro Africana, Nauru, Reino de Tonga e Afeganistão.

Continuar lendo

Poder360