Clientes da plataforma de streaming HBO Max viram suas contas serem canceladas sem mais nem menos após a virada de mês, fazendo com que perdessem o desconto vitalício de 50% na mensalidade. O serviço pediu que os usuários prejudicados entrem em contato com o suporte e o Código de Defesa do Consumidor garante aos brasileiros a resolução do problema.

“Todos aqueles consumidores que manifestaram a intenção de compra através da plataforma durante o período estão garantidos no seu direito. Agora, se o fornecedor, ser recursar no cumprimento da oferta por um problema que ele mesmo causou, ainda que não dolosamente, o consumidor deve procurar a Fundação Procon, registrar uma reclamação e o Procon fará valer o direito do consumidor”, destacou Guilherme Farid, chefe de gabinete do Procon São Paulo, em entrevista ao Olhar Digital News, nesta sexta-feira (6).

publicidade

Leia mais:

O Procon chegou a notificar o HBO Max, para que apresente esclarecimentos. A plataforma ainda não deu retorno à fundação, mas ainda está no prazo legal de 72 horas para responder. Segundo Farid, o Procon acredita que a falha aconteceu mesmo na plataforma digital. E voltou a reforçar que o serviço não pode dificultar a assinatura ou renovação do consumidor, precisando buscar caminhos para resolver a situação.

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me

Caso a empresa não atenda à demanda, o consumidor pode se dirigir aos canais de atendimento da Fundação Procon, através da internet. Nesse caso, a empresa terá 10 dias para se manifestar sobre o pedido do consumidor, sob a supervisão do órgão de proteção.

“O caso pode parar na justiça, mas existem outras fases. Não atendida a reclamação do consumidor na Fundação Procon, constatando que a empresa violou o Código de Defesa do Consumidor, ainda será aplicada uma multa na empresa, que pode chegar a quase R$ 11 milhões. Serve como advertência para que não descumpra a legislação que protege o consumidor. Ultrapassando fases e não resolvendo é que vai para o poder judiciário”, concluiu Guilherme Farid.

hbo max
A plataforma chegou ao Brasil em julho. Imagem: Shutterstock

Na tarde desta sexta, o HBO Max emitiu uma nota, pedindo que os clientes lesados entrem em contato com o suporte da plataforma de streaming.

“Estamos cientes de que alguns consumidores estão enfrentando dificuldades na renovação das assinaturas, inviabilizando a continuidade da oferta de 50% de desconto, e lamentamos por isso. Os relatos dos usuários estão sendo endereçados para resolução das inconsistências o quanto antes. Queremos a melhor experiência para nossos usuários, por isso vamos auxiliar nossos clientes caso a caso. Pedimos aos usuários que entrem em contato pelo e-mail suporte@hbomax.com para receberem o suporte direcionado do time de Experiência do Consumidor”.

O serviço oferece duas modalidades de assinatura, um Multitelas e o Mobile. O primeiro dá direito a cinco perfis, incluindo perfis infantis, e até três aparelhos ligados simultaneamente. O conteúdo é exibido em 4K e o usuário ainda pode baixar os filmes e séries para assistir offline.

O outro modelo é voltado para quem consome conteúdos em smartphones e tablets. O plano Mobile permite o uso de apenas uma tela por vez e a resolução é adaptada para cada dispositivo. Nessa assinatura também existe a possibilidade de baixar os conteúdos para ver depois.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!