política

Rodrigo Maia ataca Salles e diz que ele destrói o Meio Ambiente e o governo

52views

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), usou o Twitter neste sábado (24.out.2020) para criticar o ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente). Na publicação disse que, não satisfeito em destruir o meio ambiente, o comandante da pasta também destrói o governo.

Maia entrou na briga pública entre Salles e o ministro general Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo). Nesta 6ª feira (24.out.2020), o ministro do Meio Ambiente chamou o colega de governo de “#mariafofoca” depois de uma publicação no jornal O Globo com o título “Salles estica a corda com ala militar do governo e testa blindagem com Bolsonaro”.

<![CDATA[
.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;}.mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full
h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}
]]>
A reportagem não cita Ramos. O Poder360 apurou que Salles ficou furioso e tem segurança de que a fonte da jornalista Bela Megale teria sido Ramos. O ministro telefonou por volta de 21h de 5ª feira para o general e a conversa entre os 2 foi dura e com muitas acusações.

Ricardo Salles chamou o colega Ramos de ‘#mariafofoca’ e logo recebeu apoio de bolsonaristas, como a deputada federal Carla Zambelli

“@MinLuizRamos [Luiz Eduardo Ramos] não estiquei a corda com ninguém. Tenho enorme respeito e apreço pela instituição militar. Atuo da forma que entendo correto. Chega dessa postura de #mariafofoca”, escreveu Salles no seu perfil pessoal no Twitter.

Rodrigo Maia tem frequentes embates com a ala ideológica do governo. Governistas apoiaram publicamente o ministro do Meio Ambiente no confronto. O filho do presidente Jair Bolsonaro e deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foi 1 dos que publicaram a favor do chefe do Meio Ambiente. “Força, ministro. O Brasil está contigo e apoiando seu trabalho“, escreveu.

O episódio ajudou a amadurecer a ideia sobre a necessidade de uma reforma ministerial ao mais tardar no início de 2021. Até o momento, porém, ninguém crava quem fica e quem sai do governo.

Salles é malvisto pela ala militar do governo, mas apoiado pela chamada “ala ideológica”. Da mesma forma, Ramos não tem muita simpatia entre os ideológicos.

Rodrigo Maia já repreendeu o ministro Ricardo Salles em outubro de 2019 pelo Twitter. Ele também demonstra preocupação da imagem do Brasil no exterior quando o assunto é o meio ambiente.

Continuar lendo

Poder360