tecnologia

Starship SN15 é levada de volta à fábrica da SpaceX para ser aposentada

134views
         <title>Starship SN15 é levada de volta à fábrica da SpaceX para ser aposentada</title>                     

Starship SN15 é levada de volta à fábrica da SpaceX para ser aposentada

<div class="banner"> <img src="https://img.olhardigital.com.br/wp-content/uploads/2021/05/starship_sn15_1-1200x450.jpg" alt="Thumbnail"> </div> <section class="content"> <div class="container"> <div class="row"> <div class="col-12"> <div class="wrap"> <div class="wrap-left"> <div class="inner-block"> <div class="center"> <div class="inner-content"> A primeira Starship testada com sucesso em voo está a caminho da fábrica da <a href="https://olhardigital.com.br/tag/SpaceX/">SpaceX</a> em Boca Chica, no Texas – provavelmente para ser aposentada após seus sucessos pela empresa de <a href="https://olhardigital.com.br/tag/Elon-Musk/">Elon Musk</a>.</p> <p>Segundo diversos relatos divulgados no <a href="https://olhardigital.com.br/tag/Twitter/">Twitter</a>, a Starship SN15 foi reposicionada à sua base de lançamento para voos suborbitais, mas em 25 de maio um guindaste foi instalado junto de uma estrutura de transporte de foguetes.

publicidade

No dia 26, a embarcação foi levantada e instalada no transporte, sendo carregada de volta para a fábrica da companhia.

Leia também

A Starship SN15 foi a primeira nave da SpaceX a ser bem sucedida em testes de voo promovidos pela empresa. A sua remoção já vinha sendo prevista por entusiastas do setor, haja vista que, no dia em que a nave foi reinstalada em sua base de lançamento, os seus três foguetes Raptor – os primeiros a sobreviverem ao voo sem danos – foram removidos.

Depois disso, foram algumas das “pernas” usadas no pouso da nave que deram “adeus”, com fãs especulando nas redes sociais se a SpaceX estaria preparando algum novo tipo de suporte, o que não aconteceu.

Elon Musk, o CEO da SpaceX, chegou a indicar que a nave voaria de novo alguns dias após seu retorno, porém a empresa parece ter decidido contra isso.

De qualquer forma, é válido ressaltar que, assim como suas antecessoras, a Starship SN15 provavelmente já estava a caminho de ser aposentada: a primeira nave bem sucedida em seu voo de teste sempre foi um protótipo, afinal, então qualquer novo lançamento serviria apenas como um ato simbólico para provar que o primeiro pouso não foi “sem querer” e que o sistema praticado pela SpaceX tem confiabilidade.

Enquanto isso, um outro protótipo da Starship também tem um teste a caminho – este, porém, mais intenso: entre o final de 2021 e o início de 2022, a SpaceX quer conduzir um teste de voo orbital, fazendo com que a nave suba por um percurso que a fará passar pelo Estreito da Flórida, até atingir a órbita da Terra e retornar após uma volta completa pelo planeta.

No retorno, o plano é o de que a embarcação faça sua aterrissagem a quase 100 quilômetros de distância da costa de Kauai, a ilha mais antiga do Havaí. Toda a ação deve levar em torno de 90 minutos.

Se esse teste for bem sucedido, então é provável que a SpaceX tenha dados mais que suficientes para oferecer aos reguladores do espaço aéreo norte-americano, obtendo a permissão para dar passos mais largos ao objetivo de oferecer, com a Starship, voos comerciais ao espaço.

Sabemos que já tem gente bem ansiosa para isso.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=S0Akkh_3hCs?feature=oembed&w=500&h=281]

Fonte: Olhar Digital