política

Twitter decide banir a conta de Trump por incitar a violência

20views

O Twitter decidiu nesta sexta-feira retirar a conta do presidente dos EUA, Donald Trump, permanentemente de sua plataforma, citando “risco de mais incitamento à violência”.

A decisão ocorre menos de 24h depois de Trump ter voltado a tuitar, após um bloqueio de 12h imposto pela plataforma de mídia social citando a publicação por Trump de postagens que incitavam a violência.

A medida é mais uma consequência após Trump ter incitado seus apoiadores a protestar no Congresso. O grupo acabou invadindo o Capitólio, depredado o local e colocou autoridades e servidores em perigo. Um policial morreu após ser agredido pelos apoiadores de Trump, quatro invasores também.

1 de 2
Twitter Trump — Foto: Reprodução/Twitter

Twitter Trump — Foto: Reprodução/Twitter

Inicialmente, o Twitter exigiu que Trump deletasse as mensagens que infringiam suas regras para voltar a ter acesso à sua conta. Mas o Twitter alertou que futuras violações à sua política resultariam na suspensão permanente da conta do presidente.

“Após uma análise detalhada dos tuítes recentes da conta @realDonaldTrump e do contexto em torno deles – especificamente como estão sendo recebidos e interpretados dentro e fora do Twitter – suspendemos permanentemente a conta devido ao risco de mais incitamento à violência”, postou a empresa em um blog.

Na quinta-feira, Trump teve suas contas suspensas no Facebook e no Instagran até pelo menos o fim de seu mandato, podendo essa medida ser permanente, segundo anunciou Mark Zuckerberg, CEO do Facebook.

2 de 2
Invasores pró-Trump avançam contra policial no Congresso — Foto: AP Photo/Manuel Balce Ceneta

Invasores pró-Trump avançam contra policial no Congresso — Foto: AP Photo/Manuel Balce Ceneta

Fonte: Valor Econômico