tecnologia

Twitter voltará a verificar contas em 2021

57views

Na última terça-feira (24), o Twitter anunciou por meio de seu blog que vai relançar o seu serviço de verificações de contas em 2021. Junto ao relançamento, novas diretrizes que contarão com o feedback de usuários também estão em processo de finalização.

Inicialmente, voltarão a ser verificados seis tipos de contas: aquelas pertencentes a funcionários do governo; empresas, marcas e organizações sem fins lucrativos; notícia; entretenimento; esportes; e ativistas, organizadores e outros indivíduos influentes. O número de categorias também poderá se expandir com o tempo.

Existem muitos critérios para que uma conta seja verificada na rede social, como um perfil em um meio de comunicação, possuir alguma forma relevante de “influência”, entre outros.

shutterstock_1239133447.jpgSistema de verificação aberto ao público foi interrompido em 2017. Créditos: Shutterstock  

“O selo azul de verificação não será a única forma que planejamos distinguir contas no Twitter. Em 2021, estamos comprometidos em dar às pessoas mais maneiras de se identificarem por meio de seus perfis, como novos tipos de conta e rótulos”, diz a postagem do blog da rede social. 

Ainda este ano, o Twitter também vai pedir um feedback aos usuários sobre a proposta de verificação. Após a rodada de feedbacks, a nova política será lançada no dia 17 de dezembro. 

Problemas com a verificação de contas

O sistema de verificação do Twitter foi interrompido em 2017, enquanto a empresa tentava sintetizar sobre o que significava ser verificado na rede social.

Na época, o Twitter havia verificado a conta de Jason Keller, que organizou o comício de grupos supremacistas brancos em Charlottesville, Virgínia. Por conta da enxurrada de críticas que a rede social recebeu, a empresa resolveu rever as diretrizes e interrompeu o sistema de verificação aberto ao público.

Junto aos anúncios, o Twitter também divulgou um novo projeto de regras explicando os motivos que poderão levar a retirada da verificação de uma conta. Se um usuário alterar o seu nome de exibição ou biografia para enganar outros usuários, ele estará violando as novas diretrizes e perderá o status.

Via: TechCrunch

Fonte: Olhar Digital